Cantor evangélico sequestra e mata criança de quatro anos em Ipirá

A criança foi encontrada pela Polícia Militar nua com diversos ferimentos de facão pelo corpo

Redação CORREIO

Uma criança de quatro anos foi morta com golpes de facão, na tarde deste domingo (26), na zona rural de Ipirá, a cerca de 200km de Salvador, de acordo com informações da delegacia do município baiano. O cantor evangélico Manoel Batista Santa Rosa, de 41 anos, teria raptado a garota na frente da mãe, sendo encontrado horas depois por familiares da criança em sua própria casa.

Ele foi amarrado em cordas e agredido por populares até confessar para onde havia levado a vítima, que foi encontrada pela Polícia Militar decapitada, nua e com diversos ferimentos de facão em diversas partes do corpo em um terreno da sua fazenda, na localidade de Laranjeiras.

Em depoimento à polícia, Manoel, que teria problemas psiquiátricos, contou que assassinou a criança porque se sentia incomodado com o barulho provocado pelas crianças do bairro, de acordo com informações do Bahia Meio Dia. Uma perícia será realizada para descobrir se houve violência sexual. Manoel continua preso na delegacia local e vai responder por homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver.

Cantor evangélico? Que agora tem probelmas psiquiátricos? E que esta sendo acusado de homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver?

Até quando esconderemos de nós mesmos nossos desejos e tormentos mais ocultos? Até que os cometamos e sejamos afastados por essa sociedade hipócrita. Enclausurando em penitenciárias, manicômios, casas de recuperação, igrejas.

A igreja, como o governo tem que parar que recolher o dinheiro suado do povo e as benfeitorias prometidas nas costas mãos de Deus e começar a devolver em benefícios “todo” o dinheiro “investido” por esse povo.

Anúncios
Esse post foi publicado em Política, Religião e marcado , , . Guardar link permanente.