Viver a vida a todo custo

Viva o momento que lhe é permitido neste instante, viva simplesmente o hoje. Não permita que as preocupações da vida, formada por homens malígnos, tome o seu precioso tempo de vida. Sinta o Sol aquecer a sua pele, sinta a chuva molhar a sua cabeça, sinta as lágrimas salgarem sua face, sinta a vida. Tire um tempo para ficar só, depois tire um tempo para ficar com pessoas que gosta e por fim tire um tempo para fazer ações justas para quem deseja o seu mal.

Viva com intensidade, como se não existissem milagres, como se a morte estivesse sempre a bater na sua porta. Pois no dia em que atender, não a tema. Comporte se, seja gentil, pois na verdade não a teme e sim o desconhecido que a acompanha. Um dia ela virá toda sedutora, volumosa e invasiva, o chamando pelo primeiro nome e o/a pegando pela mão.

Mas antes que tudo isso aconteça rompa as barreiras da vida.  Não perca tempo com hipocrisias ou falsidades. Não tema em errar, confesse seus erros. Pois quem pode nos julgar? Deixe o julgamento para os juízes e a condenação para os condenados. Deixe de viver em sua bolha com medo da contaminação de outras pessoas, pois eu lhe digo já estás contaminado, é só voltar sua atenção para o seu interior, pois enxergará seus erros pecados e assim rirá das suas próprias falhas, pois só assim lhe será permitido corrigi-las, erros pecados mais ocultos. Só os intorpecidos, não enxergam seus próprios erros pecados. Vivenciam a mentira há tanto tempo e com tanta veemência e naturalidade que suas mentiras já se tornaram como verdade aos seus olhos.

Não condene o mundo, pois o mundo não tem nada a ver com isso. Não o culpo em viver em um sistema falido, mais o culpo por não tentar ser melhor, como pessoa individual e não como em grupo. Declare guerras quando necessário, mais de chance ao amor a todo instante. Seja tardio em repreender, mais rápido em abraçar, amar, perdoar e pedir perdão. Ame com toda verdade e intensidade. O medo do desconhecido não nos permite viver com a máxima intensidão.

Nosso livro da vida que deveria ser escrito por nós está cheio de páginas em branco. Na janela da vida vemos o presente passar diante de nossos olhos e a cada estação perdemos o gosto pelas coisas simples que possuímos, dando espaço para as coisas que ainda nem precisamos.

Choramos o passado, matamos o presente e não vivemos o futuro.

Mateus 7:1-29

33 “Persisti, pois, em buscar primeiro o reino e a Sua justiça, e todas estas [outras] coisas vos serão acrescentadas. 34 Portanto, nunca estejais ansiosos quanto ao dia seguinte, pois o dia seguinte terá as suas próprias ansiedades. Basta a cada dia o seu próprio mal.

Anúncios
Esse post foi publicado em Religião e marcado , , , , . Guardar link permanente.